«« Voltar
Formação de Formadores da Escola Nacional de Socioeducação
Protocolo do SIGProj:   180176.793.1368.21052014
De:19/06/2014  à  19/07/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Carina Elisabeth Maciel
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais
Unidade de Origem
  GAB/CCHS - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto, ora apresentado, foi articulado e planejado por uma equipe interinstitucional e interestadual envolvendo a Superintendência de Atendimento Socioeducativa (SAS) da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), a Superintendência dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (SETAS) e o Programa Escola de Conselhos da UFMS, do Estado do Mato Grosso do Sul. O Projeto contou também, com a participação de dois colaboradores do Paraná e um colaborador da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Posteriormente, serão convidados representantes de outros Estados brasileiros, que tenham conhecimento e domínio sobre os pressupostos teórico-metodológicos da Socioeducação, com a finalidade de compor uma equipe de referência nacional para o trabalho de formação de socioeducadores. É com essa compreensão que a UFMS, em estreita colaboração com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SAS/SEJUSP), Superintendência das Ações Socioeducativas (SAS) e a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (SETAS) propõem a formação de formadores da Escola Nacional de Socioeducação (ENS), como uma ação relevante e necessária para a efetivação do ideário da ENS, no sentido de aprofundar sobre os temas e referenciais teóricos propostos pela equipe que formulou os parâmetros, bem como criar uma equipe de referência que possa assessorar os trabalhos de formação em todos os Estados da federação.
Palavras-chave
   SiNASE, Socioeducação, Direitos Humanos
Público-Alvo
  O Projeto busca consolidar uma proposta de formação para os formadores da Escola Nacional de Socioeducação, sendo eles, profissionais que atuam direta ou indiretamente na gestão do atendimento aos adolescentes em cumprimento de internação provisória e, das medidas socioeducativas de meio aberto, internação e semiliberdade, em todo território brasileiro.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar