«« Voltar
Extrusão de ligas amorfas para a obtenção de amostras volumétricas
Protocolo do SIGProj:   178737.822.208250.25042014
De:24/04/2014  à  29/09/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Bruno Bellini Medeiros
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Erechim - Câmpus Erechim - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  Metais amorfos têm alcançado posição de destaque como materiais avançados por apresentarem propriedades únicas como alta resistência mecânica a compressão, grande deformação elástica, excelente resistência à corrosão e boas propriedades magnéticas moles. O grande problema dos processos de obtenção de metais amorfos é a dificuldade em se obter amostras volumosas, principalmente nas composições com relativamente baixa tendência à formação de estrutura amorfa, dita marginal. Essas composições marginais, podem ser obtidas amorfas na forma de pós por meio de moagem de alta energia ou atomização. A consolidação dos pós amorfos em uma região desejável de líquido super-resfriado, onde a diminuição da viscosidade possibilita a conformação, revela-se um caminho alternativo para obtenção de amostras amorfas volumosas de ligas marginais. No presente projeto de tese propõe-se o estudo das variáveis do processo de extrusão a quente de pós amorfos obtidos por moagem de alta energia e atomização e a viabilidade como processo de consolidação com simultânea manutenção da estrutura amorfa por respectivas caracterizações mecânicas e microestruturais. O trabalho ainda compreende o entendimento das características térmicas das ligas na forma de pó e na forma de produtos extrudados.
Palavras-chave
   Extrusão, Ligas Amorfas, Consolidação
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar