«« Voltar
A culinária afro-brasileira como promotora da alimentação saudável no ambiente escolar
Protocolo do SIGProj:   177193.816.143110.30102014
De:31/10/2014  à  19/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Rute Ramos da Silva Costa
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  Macaé - Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira
Unidade de Origem
  Ajuda - Polo Ajuda
Resumo da Ação de Extensão
  O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é uma das políticas mais importantes no âmbito das políticas de alimentação e nutrição. Recentes mudanças no seu marco regulatório ampliaram o atendimento aos estudantes, incluindo assistência aos alunos da Educação de Jovens e Adultos. O PNAE inseriu a Educação Alimentar e Nutricional (EAN) em seu desenho por considerar uma importante ferramenta para a promoção da saúde. Já o marco de referência de EAN para as políticas públicas orienta a valorização do alimento, da comida e da culinária tradicional, pois possibilitam a promoção da consciência de interdependência entre indivíduos, coletividades e ambiente. Sendo assim pretendemos promover práticas alimentares saudáveis, utilizando a culinária afro-brasileira enquanto ferramenta pedagógica junto aos estudantes da Educação de Jovens e Adultos de Escola Municipal de Macaé. Como percurso metodológico pretendemos envolver o diretor e orientadores pedagógicos no processo de construção do desenho das ações a serem realizadas nas escolas, agregando assim, um caráter interdisciplinar e participativo. Em seguida desenvolveremos o projeto junto aos estudantes, utilizando metodologias que valorizem o diálogo e atividades lúdicas sobre os temas alimentação, saúde e cultura e que estimulem aos estudantes resgatarem imagens, elementos da literatura e receitas culinárias de origem africana saudáveis que possam ser geradores de saberes, aplicadas no seu cotidiano alimentar, além de sugeridas ao cardápio da alimentação escolar. Ao final das atividades desejamos construir um livro de receitas pratos afro-brasileiros saudáveis que sirva de cartilha ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, órgão que coordena o PNAE em nível federal.
Palavras-chave
   Alimentação Saudável, Educação Alimentar e Nutricional, Culinária afro-brasileira, Tecnologia educacional
Público-Alvo
  Estudantes matriculados em Escolas Municipal de Macaé que atendem à Educação de Jovens e Adultos (EJA) selecionada para participar do projeto.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar