«« Voltar
Atendimento de Enfermagem ao trauma e emergências clinicas com foco em prevenção de acidentes
Protocolo do SIGProj:   176744.833.163209.21042014
De:31/03/2014  à  29/11/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Anderson Gonçalves de Souza
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  GAB/CCBS - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  O trauma é a causa de morte mais comum entre as idades de 1 a 44 anos, e é responsável por 15% de todos os óbitos no Brasil. Sabendo que quando a palavra trauma é usada, ela confere significado a diversos eventos provocados por causas externas, assim como ferimentos, queimaduras, fraturas, intoxicações, afogamentos, entre outros. Hoje sabemos a importância em que o atendimento pré-hospitalar tem diante da sobrevida dos pacientes vitimas de trauma, e esse atendimento pode influenciar diretamente no futuro do paciente podendo fazer a diferença entre a vida e a morte; entre uma sequela temporária, grave ou permanente. Devemos levar em consideração alguns fatores que influenciam no atendimento ao traumatizado por parte do socorrista, como por exemplo: Treinamento, experiência, estrutura, habilidade, entre outros. Com isso podemos dizer que estamos susceptíveis a enfrentar essa realidade a qualquer momento em nosso dia a dia. Justificando assim a principal atividade do projeto, em que fundamenta que desde a graduação o aluno deve ter a proximidade e o contato com ambientes pré-hospitalares, para aquisição de experiência e vivência, tanto para o meio hospitalar quanto para a vida pessoal.
Palavras-chave
   Trauma, pré-hospitalar, causas externas, epidemiologia
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar