«« Voltar
Desenvolvimento e Validação de Métodos Analíticos para Determinação de Dipirona Sódica em Associações Farmacêuticas
Protocolo do SIGProj:   176355.847.198328.08112014
De:08/03/2014  à  04/03/2016
 
Coordenador-Extensionista
  James Cabral Vieira
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CCBS - Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Unidade de Origem
  PPGF - Aluno(a) do Programa de Pós-Graduação em Farmácia
Resumo da Ação de Extensão
  Medicamentos de venda livre, também conhecidos como medicamentos isentos de prescrição médica (MIPs) são aqueles cuja dispensação e venda não requer autorização, ou seja, receita expedida por um profissional. Dentre os medicamentos de venda livre mais consumidos no Brasil, encontram-se os analgésicos. As formulações que contém dipirona sódica, isolada ou em associação, são as líderes de venda dessa classe terapêutica. As associações de dipirona mais conhecidas e com maiores níveis de vendas são dipirona associada à citrato de orfenadrina e cafeína, bem como à maleato de clorfeniramina. Essas associações são indicadas como relaxantes musculares e antigripais, respectivamente. O fácil acesso aos MIPs e a falta de informações acerca de seu uso contribui diretamente com a automedicação que, pode vir a ser prejudicial à saúde individual e coletiva. Por sua vez, dipirona é um dos principais medicamentos responsáveis por intoxicações registradas nas grandes cidades brasileiras. Até o momento, inexistem métodos analíticos oficiais para o controle de qualidade das associações citadas. Sendo assim, julgou-se necessário o desenvolvimento e a validação de metodologias analíticas indicativas de estabilidade, empregando a Cromatografia Liquida de Alta Eficiência para determinação de dipirona sódica associada à cafeína, bem como a realização de testes de compatibilidade fármaco-fármaco para o controle de qualidade das formulações comerciais.
Palavras-chave
   dipirona sódica, CLAE, controle de qualidade.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar