«« Voltar
Pintando a Cara Dobrando e Aprendendo.
Protocolo do SIGProj:   173822.833.92513.19032014
De:28/02/2014  à  30/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Natalia Ribeiro da Penha
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPNV - Câmpus de Naviraí
Unidade de Origem
  GAB/CPNV - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  O presente plano de trabalho tem a intenção de contribuir com o Projeto de Extensão 'Pintando a Cara', para que atinja ao seu propósito de interagir com a sociedade. E nesse sentido, este plano visa especialmente colaborar com o processo de formação de crianças e adolescentes que fazem parte de entidades que realizam um trabalho sério valorizando as questões sociais do município de Naviraí. Sendo elas: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) ;Lar da Criança Amor e Fraternidade e Projeto Maranatha.Neste plano de trabalho será dado ênfase as ações a serem desenvolvidas no projeto Maranatha que neste ano tem a intenção de trabalhar com a confecção de dobraduras, que podem ser utilizadas de diversas maneiras.O trabalho com dobraduras, torna-se relevante pois trabalha o lúdico, proporciona prazer em aprender além da dobradura o projeto tem como atividade principal a pintura facial, e resgata os jogos e brincadeiras tradicionais. As atividades visam o desenvolvimento integral das crianças atendidas nessas entidades.Para melhor entender o projeto segue o seguinte cronograma:Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais com intervenções na ultima sexta-feira de cada mês no período matutino e vespertino; Lar da Criança Amor e Fraternidade todo segundo sábado de cada mês e no Projeto Maranathá todas as sextas feiras.O planejamento das atividades a serem desenvolvidas nas entidades acontecerá mediante reuniões que acontecerão todas as quintas feiras com todo o grupo e com discussões de texto referente as atividades serem planejadas.
Palavras-chave
   Pintura facial, lúdico, desenvolvimento, dobradura
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar