«« Voltar
Saúde Pública e Animais de Estimação (Cópia) 27-02-2014
Protocolo do SIGProj:   173529.843.33626.06032014
De:16/03/2014  à  16/03/2016
 
Coordenador-Extensionista
  Ariene Cristina Dias Guimarães Bassoli
Instituição
  UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Unidade Geral
  CB - CENTRO DE BIOCIÊNCIAS
Unidade de Origem
  Dept-Histologia - Histologia e Embriologia
Resumo da Ação de Extensão
  Na sociedade moderna, cães e gatos fazem parte das famílias e do cenário urbano. Podem ser o melhor amigo dos seres humanos, criando laços de afeto, compaixão e responsabilidade, muitas vezes sendo tratados como filhos, fazendo parte inclusive da economia doméstica. Entretanto, o pouco conhecimento sobre cuidados com a saúde, higiene, a melhor maneira de tratá-los e de manter esse relacionamento saudável, pode gerar problemas como a transmissão de zoonoses, o que afeta diretamente a saúde coletiva. Políticas públicas ineficientes de controle populacional, identificação e guarda responsável tornam os não-humanos domesticados um problema de ordem social, ambiental e de saúde pública. Pernambuco possui a Lei 14.139/2010 que impede a eliminação de animais sadios, abolindo a captura e eutanásia. Entretanto, o poder público não consegue cumprir as recomendações da OMS como programas educativos, esterilização em massa e chipagem. Assim, a proposição de ações extensionistas voltadas para a educação de crianças e adolescentes sobre zoonoses, envolvendo também temas como guarda responsável, é necessária. O desenvolvimento de temas como saúde pública (zoonoses), saúde animal, abandono, controle populacional (esterilização), através de exposições de materiais educativos, jogos didáticos e dinâmicas que envolvam o público nas questões de saúde pública e dos animais são atividades propostas. Assim, pretende-se promover a saúde e diminuir o sofrimento dos humanos e não-humanos na sociedade moderna.
Palavras-chave
   Promoção da Saúde, Educação Ambiental, Saúde Pública, Proteção aos animais, Controle populacional
Público-Alvo
  Estudantes de ensino fundamental, médio e universitários. Professores de ensino fundamental, médio e universitários. Pessoal técnico-administrativo do ensino fundamental, médio e universitário. Protetores de animais não humanos carentes, ONGs de proteção animal, comunidades carentes, sociedade em geral.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar