«« Voltar
Rede de Apoio à Educação Infantil: interfaces com a Psicologia, Pedagogia e Arquitetura
Protocolo do SIGProj:   171794.790.20031.26032014
De:13/04/2014  à  14/02/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Daniela Barros da Silva Freire Andrade
Instituição
  UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso
Unidade Geral
  IE - Instituto de Educação
Unidade de Origem
  DPSI - Departamento de Psicologia
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto Rede de Colaboração em Educação Infantil: interfaces com a Psicologia, Pedagogia e Arquitetura encontra-se na quinta edição. Objetiva potencializar processos de formação em serviço de profissionais da Educação Infantil, bem como de profissionais da saúde por meio de intercâmbio entre acadêmicos de cursos de graduação e pós-graduação da UFMT. Caracteriza-se pela intenção de destacar a narrativa e a ludicidade como instrumentos psicológicos promotores do desenvolvimento e da aprendizagem, tomando-as em duas dimensões intimamente relacionadas: espacial e subjetiva. A dimensão espacial preocupa-se com a qualidade do espaço das unidades de creche, sobretudo do berçário, e da brinquedoteca hospitalar e em certa medida a cidade. Já a dimensão subjetiva, baseia-se na proposição da narrativa como instrumento de partilha e diferenciação. Esta dimensão do projeto assume o desafio de, inicialmente, partilhar narrativas elaboradas para o público infantil para que, em segundo momento, possa entrar em contato com as narrativas das próprias crianças participantes do grupo. Assim busca-se: •Potencializar processos de formação em serviço para educadores e agentes de saúde das instituições envolvidas; •Privilegiar a narrativa e a ludicidade, na sua articulação com o espaço, como elementos facilitadores do processo de desenvolvimento e aprendizagem infantil em contextos da Educação Infantil e da brinquedoteca hospitalar; •Fortalecer representação da criança como sujeito que produz narrativas próprias mesmo quando vistas sob o ponto de vista das instituições- família, hospital, centros de educação infantil e cidade.
Palavras-chave
   Educação Infantil, Hospitalização, Educação Patrimonial, Narrativa
Público-Alvo
  Assessoras, Diretoras, Técnicas, Professoras e Auxiliares do desenvolvimento infantil que trabalham em creches e no centro de Educação Infantil do município de Cuiabá, bem como as crianças das creches e seus familiares. Crianças hospitalizadas na pediatria do Hospital Universitário Júlio Muller. Alunos e professores de escolas públicas e privadas interessados no trabalho de Educação Patrimonial. Abaixo especificado: Creches 200 crianças matriculadas nas creches 60 profissionais da Educação Infantil entre Assessores Pedagógicos e Técnicos do desenvolvimento infantil Hospital Julio Muller 20 crianças hospitalizadas e seus familiares(20) que frequentam a brinquedoteca do hospital universitário Júlio Müller 29 alunos do curso de Psicologia (24 estagiários e 5 extensionista-1 aluna da Pedagogia, 3 alunas da Psicologia e 1 aluno da Ciencia da Computação) 1 alunos do curso de Aquitetura (voluntaria) 4 alunos de Pós-Graduação (3 Doutorado, 1 Mestrado) Educação Patrimonial 150 alunos de escolas publicas e privadas 10 professores de escolas públicas e privadas. OBS: destaca-se que os alunos de Mestrado e Doutorados estarão vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Educação.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar