«« Voltar
Prevenção às Zoonoses Emergentes no Campo 2
Protocolo do SIGProj:   171614.790.49833.11022014
De:31/03/2014  à  29/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Roberta Vieira de Morais Bronzoni
Instituição
  UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso
Unidade Geral
  ICS/Campus Sinop - Instituto de Ciências da Saúde/Campus Sinop
Unidade de Origem
  CVET - Curso de Medicina Veterinária
Resumo da Ação de Extensão
  Sessenta e dois por cento dos patógenos humanos são de origem zoonótica. Grande parte destas zoonoses são emergentes resultantes das alterações ambientais realizadas pelos seres-humanos. Isto porque estas doenças estão em equilíbrio na natureza, circulando em reservatórios silvestres, e qualquer fator que altere o biótopo local, pode modificar a sua epidemiologia. Uma série de fatores que inclui cultura, política, atividade ocupacional, urbanização descontrolada, reservas naturais e desigualdade social tornam os países em desenvolvimento o grupo mais afetado por estas zoonoses emergentes. O presente projeto tem o intuito disseminar conhecimento médico veterinário para promover a saúde dos moradores de comunidades rurais locais, especialmente àquelas constituídas por pequenos produtores que vivem ao redor de áreas de mata e, portanto, em áreas de risco das zoonoses emergentes. Espera-se que esta população entenda o que são as zoonoses, especialmente as transmitidas por roedores silvestres como a hantavirose, as transmitidas por morcegos como a Raiva e por bovinos como a Vaccínia Bovina, incluindo as formas de transmissão, sinais clínicos, prevenção e a importância do ser-humano na emergência destas enfermidades.
Palavras-chave
   Educação em saúde, zoonoses emergentes
Público-Alvo
  O projeto pretende atender famílias que vivem em áreas rurais em Sinop. Estima-se um grupo alvo de 500 pessoas.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Hospital Veterinário da UFMT tel 66 35311663
«« Voltar