«« Voltar
Limpeza Total: EJA, UFF e Trabalhadores Terceirizados
Protocolo do SIGProj:   171352.781.200828.12022014
De:16/02/2014  à  29/08/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Marcelo Mac Cord
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  ESE - Faculdade de Educação
Unidade de Origem
  SFP - Departamento de Fundamentos Pedagógicos
Resumo da Ação de Extensão
  A invisibilidade sempre foi companheira dos trabalhadores terceirizados que prestam serviços nas universidades públicas. Especialmente daqueles que executam as tarefas mais braçais, recebem menores salários e convivem com relações de trabalho precarizadas. Não por acaso, esse grupo de trabalhadores é hegemonicamente negro e possuiu baixa escolaridade. Vale destacar que esse perfil é diametralmente oposto aos dos corpos docentes e discentes de nossas instituições de ensino superior – mesmo que, nos últimos anos, encontremos mais negros e filhos da classe trabalhadora como professores e estudantes. O projeto de extensão que propomos pretende, mesmo que em pequena escala, arranhar os muros classistas e raciais que separam públicos tão diferenciados. Por meio de um curso de ensino fundamental, nos moldes de uma EJA, pretendemos contribuir para a educação formal dos faxineiros que labutam no campus do Gragoatá – Niterói/RJ. Por sua vez, essa escolarização será o canal para discutirmos cidadania, protagonismo social e luta por direitos. Para tanto, além das aulas, promoveremos rodas de conversa com ativistas sociais e intelectuais oriundos das classes subalternas. Dessa forma, além de permitir que os faxineiros se apropriem dos espaços físicos da UFF como estudantes, pretendemos estimular sua autoestima e a reverberação desse processo em seus círculos sociais.
Palavras-chave
   EJA, cidadania, direitos, educação, trabalho
Público-Alvo
  Trabalhadores terceirizados da limpeza que trabalham no campus do Gragoatá
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   mmcord@uol.com.br
«« Voltar