«« Voltar
Ensino de habilidades sociais educativas parentais positivas à pais/cuidadores de crianças e adolescentes com problemas de comportamento (Cópia) 23-01-2014
Protocolo do SIGProj:   170152.792.23250.23012014
De:02/03/2014  à  02/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Juliano Setsuo Violin Kanamota
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAR - Câmpus de Paranaíba
Unidade de Origem
  GAB/CPAR - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto 'Ensino de habilidades sociais educativas parentais positivas à pais/cuidadores de crianças e adolescentes com problemas de comportamento' tem como principal objetivo promover atendimento a pais/cuidadores de crianças com problema de comportamento, auxiliando-os no desenvolvimento de habilidades sociais parentais positivas. Estudos apontam a efetividade no ensino de habilidades sociais educativas de pais/cuidadores na redução dos problemas de comportamento dos filhos. As intervenções serão realizados semanalmente, de forma individual e/ou em grupo, por discentes do curso de Psicologia - bacharelado CPAR/UFMS, com pais/cuidadores de crianças e/ou adolescentes. Ocorrerão aproximadamente 14 encontros cuja estrutura será embasada na Cartilha Informativa de Bolsoni-Silva, Marturano & Silveira (2006). Em cada sessão será apresentado um dos temas propostos pela cartilha que inclui: Iniciar e manter conversação, Fazer e responder perguntas; Expressar sentimentos positivos; Conhecer direitos humanos básicos; Expressar opiniões; Conhecer diferenças entre comportamento habilidoso, não habilidoso ativo e não habilidoso passivo; Expressar sentimentos negativos; Fazer e recusar pedidos; Lidar com críticas; Estabelecer limites: Consistência na forma de interação como os filhos; Atitudes dos pais que dificultam o estabelecimento de limites aos filhos; Ignorar comportamentos problema; Conseqüenciar comportamentos socialmente habilidosos, dar atenção, expressar afeto; Solicitar mudança de comportamento; e Tema livre. Além disto, os instrumentos de avaliação RE-HSE-P; CBCL e RAF, serão aplicados antes do início e após a última sessão do processo psicoterapêutico como uma medida de efetividade do programa. O projeto disponibilizará 16 vagas semestrais e será desenvolvido Setor de Psicologia do Câmpus de Paranaíba da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
Palavras-chave
   intervenção, habilidades sociais educativas, práticas educativas parentais, problemas de comportamento, avaliação
Público-Alvo
  Pais/cuidadores de crianças e/ou adolescentes com problemas de comportamento externalizante e/ou internalizante
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   julianovk@gmail.com
«« Voltar