«« Voltar
'INFEC-AÇÕES' - AÇÕES DE PREVENÇÃO E CUIDADOS DA LIGA ACADÊMICA DE INFECTOLOGIA -LAI 2014
Protocolo do SIGProj:   169161.792.2639.29012014
De:02/03/2014  à  30/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Anamaria Mello Miranda Paniago
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAMED - Faculdade de Medicina
Unidade de Origem
  GAB/FAMED - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  AS DOENÇAS INFECCIOSAS ESTÃO ENTRE OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA SAÚDE PÚBLICA BRASILEIRA. O CONTROLE DA DENGUE, INFLUENZA, AIDS, LEISHMANIOSE VISCERAL, TUBERCULOSE, HANSENIASE, HEPATITES VIRAIS, DST, INFECÇÕES HOSPITALARES E OUTRAS SÃO UM GRANDE DESAFIO A SER ENFRENTADO CONJUNTAMENTE PELA SOCIEDADE CIVIL, GESTORES E UNIVERSIDADES. ASSIM, COM O OBJETIVO DE PROMOVER A SAÚDE DE DIFERENTES COMUNIDADES, ARTICULANDO EXTENSÃO, PESQUISA E ENSINO, SERÃO REALIZADAS AÇÕES DE PREVENÇÃO, PROMOÇÃO E ATENÇÃO EM DOENÇAS INFECCIOSAS COM A COMUNIDADES DE USUÁRIOS DO HOSPITAL-DIA PROFª ESTERINA CORSINI, DE BAIRROS COM ELEVADOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA E DE DESCENDENTES DE JAPONESES. ESTAS ATIVIDADES VÊM SENDO EXECUTADAS PELA LIGA ACADÊMICA DE INFECTOLOGIA DESDE 2008, COM EXCELENTES RESULTADOS. AS ATIVIDADES PREVISTAS SÃO: ACOLHIMENTO E ATENDIMENTO MULTIPROFISSIONAL AO USUÁRIO DO HOSPITAL-DIA PROFª ESTERINA CORSINI, REALIZAÇÃO DE CAMPANHAS DE DIAGNÓSTICO E PREVENÇÃO DE DOENÇAS NAS COMUNIDADES, ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS COMEMORATIVOS E CIENTÍFICOS E PARTICIPAÇÃO EM PROJETOS DE PESQUISA D O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS. O PROJETO VISA, MAIS AMPLAMENTE, IMPINGIR NA COMUNIDADE ACADÊMICA UM ESPÍRITO DE RESPONSABILIDADE E COMPETÊNCIA NO QUE CONCERNE AOS PROBLEMAS RELACIONADOS AO IMPACTO DAS DOENÇAS INFECCIOSAS PARA A SOCIEDADE DE CAMPO GRANDE .
Palavras-chave
   Liga Acadêmica, Doenças Infecto-parasitárias, prevenção, promoção a saúde, e diagnóstico precoce.
Público-Alvo
   -Comunidade externa à IES: - Comunidade dos bairros de Campo Grande com maiores índices de violência que participam do Projeto 'Naõ Morra tão Cedo' do MPE- parceiro deste projeto - Comunidade japonesa do Centro de Convivência e Cidadania Nipo-Brasileira Dr. Kojun Yamaki; -Comunidade Japonesa da Associação Okinawa de Campo Grande; -Pacientes e acompanhantes do Hospital Dia Profª Esterina Corsini; -População de Campo Grande que participam das campanhas de preveção e diagnóstico de doenças Infecto-parasitárias (AIDS, Hepatites A, B e C, Tuberculose, Hanseníase, Leishmaniose, Paracoccidioidomicose, Dengue, HTLV, entre outras) - Alunos do ensino fundamental das escolas municipais; Comunidade Acadêmica a ser capacitada para prática de extensão universitária: -Acadêmicos de Medicina da Faculdade de Medicina Dr Hélio Mandetta, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, que estejam regularmente matriculados nos 2º, 3º, 4º e 5º anos da graduação em Medicina da referida instituição; -Docentes e técnicos -administrativos
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Débora Fernandes Biazim - 9987-5634 Jéssica Maksoud Oliveira - 9964-7766 Laís de Oliveira Lima - 8111-2443 Marielle Rodrigues Martins - 9287-8013
«« Voltar