«« Voltar
O cotidiano de mães trabalhadoras: classe, raça e gênero ressignificando experiências de vida
Protocolo do SIGProj:   168848.781.62424.20012014
De:28/02/2014  à  17/12/2014
 
Coordenador-Extensionista
  Virginia Paes Coelho
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  ESS - Escola de Serviço Social
Unidade de Origem
  SSN - Departamento de Serviço Social de Niterói
Resumo da Ação de Extensão
  Este projeto tem por proposta examinar o cotidiano de trabalhadoras domésticas, mensalistas e diaristas, que são mães e trabalham nos municípios de Niterói e São Gonçalo. A pesquisa tem por foco as condições de vida dessas trabalhadoras, na difícil conciliação do trabalho remunerado com as responsabilidades na família e o impacto no seu bem-estar. Esses dados permitirão projetar ações que contemplem necessidades presentes no seu dia a dia em conjunto com a universidade Federal Fluminense e o Sindicado dos Trabalhadores Domésticos da região estudada. A pesquisa se organiza em torno dos eixos: gênero, classe social e raça/etnia e trabalhará com a metodologia da História Oral, além da aplicação de questionários e uso de Grupos Focais com o fim de coletar dados sobre as condições de vida e trabalho desta categoria tendo a maternidade como fator importante no desenvolvimento de seus projetos de vida.
Palavras-chave
   raça/etnia, classe social, maternidade, trabalho doméstico., gênero
Público-Alvo
  Dirigentes e representantes sindicais da base dos trabalhadores do setor de Trabalho Doméstico pago. Também serão entrevistados os trabalhadores que trabalham como empregadas domésticas, babás, cozinheiras e diaristas que estão empregadas nas cidades de Niterói e São Gonçalo.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   O atual grupo de pesquisa já vem utlizando diversos meios de divulgação (impressos e eletrônicos) para divulgar a pesquisa e temas de gênero com excelentes resultados. Além disso estamos trabalhando no sentido de remiar alunos que contribuam com frases sobre o tema e incentivando a organização de debates sobre o tema para participantes da Escola e de fora dela. Para o 2º sem/2013 pretendemos organizar um Seminários entre aqueles que trabalhem com a temática de gênero e trabalho a fim de construir redes de apoio.
«« Voltar