«« Voltar
Fomentando a organização da pesca artesanal na Região Sul do Rio Grande do Sul (Cópia) 23-05-2013
Protocolo do SIGProj:   156235.711.34366.23052013
De:28/02/2013  à  30/11/2013
 
Coordenador-Extensionista
  Sabrina das Neves Barreto
Instituição
  FURG - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE
Unidade Geral
  UE - Unidades Educacionais
Unidade de Origem
  IE - Instituto de Educação
Resumo da Ação de Extensão
  A pesca artesanal é normalmente praticada de modo solitário ou em parcerias com amigos e/ou familiares.Um dos maiores problemas para o pescador artesanal está relacionado com a comercialização do pescado, consequentemente, com a renda final obtida com o produto da pescaria. Isto ocorre devido a constante necessidade de manutenção dos materiais utilizados na atividade pesqueira, entre outros problemas. Nesse momento, o intermediário surge como fornecedor do capital de giro, mantendo a relação de dependência e exploração existente entre o intermediário e o pescador. Haveria a necessidade de agregação de valor o que, exigiria um investimento e a grande maioria dos pescadores artesanais não possui condições para tal, uma alternativa pensada é a organização coletiva, fomentada tanto por entidades de apoio como pela própria organização dos pescadores junto ao Fórum da Lagoa dos Patos. Nesse contexto, o Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico, tem como objetivo oferecer apoio a projetos que tenham enfoque na mobilização e organização popular visando à promoção do desenvolvimento através de geração de trabalho e renda.Como forma de atuação, será utilizado o método da ação-reflexão-ação, visando a construção coletiva do conhecimento e da cidadania, o que pode ser traduzida como processo reflexivo teórico a partir da prática. Desta maneira, o programa pretende promover a geração de renda, na manutenção e preservação socioambiental das comunidades tradicionais de pesca e organização popular,viabilizando o transporte e alimentação dos pescadores e pescadoras que participarão das reuniões do Fórum da Lagoa, assessorar juridicamente os pescadores e fomentando a comercialização.
Palavras-chave
   Pesca artesanal, Organização social, comercialização, assessoria jurídica
Público-Alvo
  O programa pretende atingir cerca de trezentos e vinte e um participantes nas atividades previstas, sendo que as mesmas acontecerão nas comunidades pesqueiras de São Lourenço do Sul, São José do Norte, Pelotas e Rio Grande. Todas atividades contemplarão pescadores e pescadoras artesanais, e nas atividades relacionadas a mobilização e participação em reuniões do Fórum da Lagoa, inclui-se ONGs, Sindicatos, Movimentos Sociais e comunidade em geral. Os estudantes de graduação participarão de todas as atividades de acordo com suas capacitações técnicas e /ou disponibilidade para tal atividade, uma vez que a metodologia de trabalho indica a necessidade de integração entre pesquisa, ensino e extensão.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar