«« Voltar
Grafias do Gesto nas ações culturais dos territórios em situação de vulnerabilidade social
Protocolo do SIGProj:   119714.816.107436.21112014
De:30/12/2014  à  30/12/2015
 
Coordenador-Extensionista
  Marcus Vinicius Machado de Almeida
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  EEFD - Escola de Educação Física e Desportos
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto de extensão Grafias do Gesto nas ações culturais dos territórios em situação de vulnerabilidade social surge a partir de uma demanda de profissional da Dança no trabalho das equipes da Estratégia de Saúde da Família/ESF, do Centro Municipal de Saúde Madre Tereza de calcita/ CMS_MTC, Bancários, Rio de Janeiro. Trabalho que vem incorporando atividades de dança como um novo modo de cuidar de pessoas com sofrimento psíquico na Atenção Básica de saúde, proposta esta em desenvolvimento a partir do Projeto de extensão Formando Tecituras do Cuidado em Saúde mental. A partir dessa demanda, o projeto Grafias do Gesto visa desenvolver o mapeamento de manifestações culturais de danças teatrais, étnicas e/ou populares das 04 comunidades de baixa renda, cobertas pela ESF do CMS_MTC, com intuito de favorecer a fruição estética das manifestações culturais mapeadas nesses territórios, potencializando-as como prática de produção de saúde, mas, sobretudo, contribuindo para o registro de movimento, de uma partitura dos gestos das manifestações culturais mapeadas nesses territórios em situação de vulnerabilidade, possibilitando montagens e criações de coreografias referentes as manifestações culturais dessas comunidades, bem como difundindo-as em meio on line como bens culturais imateriais.
Palavras-chave
   Dança, Saúde, cultura, acessibilidade cultural
Público-Alvo
  - Usuários e trabalhadores da Estratégia de Saúde da Família do Centro Municipal de Saúde Madre Tereza de Calcutá. -Por se tratar de um projeto que também visa a produção de uma plataforma on-line para difundir as manifestações culturais da comunidades do bairro Bancários, local que agrega muitos imigrantes do Brasil, estima-se que ocorra uma abragência grande em nível nacional, porém ainda não calculada. Tal proposta se baseia na meta 45 do Plano Nacional de Cultura que visa a difusão de manifestações culturais de grupos minoritários, podendo beneficiar escolas técnicas de dança, ONGs, unidades de saúde, instituições culturais entre outras voltadas para a inclusão social.
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
   marcusvmachado@globo.com Telefones: Graduações de Dança UFRJ: 25626821 Graduação de Terapia Ocupacional: 25626506
«« Voltar